A Russel Serviços, que fornece mão de obra qualificada para todo tipo de empresa, precisava de uma campanha de impacto para anunciar sua marca pela primeira vez e destacar sua plataforma de contratação online, a única no Brasil.
Criamos um filme assim: um ator sério fala ao telespectador: “Lava jato, você acredita que tem gente que não apoia? Nós da Russel serviços apoiamos sempre que somos chamados” E aí revela que além de mão de obra para empresas de lava jato ou postos de gasolina, hotéis, empresas de óleo e gás, construção civil, enfim, todo tipo de empresa pode contar com a mão de obra da Russel.
Aprovamos, produzimos em parceria com a Pixel e marcamos para entrar no ar na terça-feira dia 29 de março no jornalismo matutino da Globo.
Pois nesse dia, bem cedo, mais uma fase da Operação Lava Jato foi pras ruas e prendeu gente importante, além de levar o presidente da ALERJ para depor coercitivamente. Só se falou nisso, claro, durante os telejornais. E no intervalo – pimba – entrou a Russel falando de lava jato. Quase um Merchant.
Ninguém poderia imaginar tanta coincidência, que catapultou o filme que aproveitava o momento e um filme de oportunidade ali, na veia dos acontecimentos.
Quem conhece a 11:21 sabe que a gente é ligado nas oportunidades.
E agora a gente sabe que a recíproca é verdadeira.